Militância aplicada ao hip hop

Mais um texto from antigo endereço.

No hip hop não existem apenas MC’s, dançarinos(as), grafiteiros(as) e DJ’s. O hip hop é muito mais que expressão artística e cultural. Acrescenta-se a isso, responsabilidade social. Quando surgiu, na década de 70, nos EUA, este movimento propôs através da arte de rua pregar uma ideologia baseada em coisas como: paz, união, amor e diversão.

No Brasil, o hip hop chegou com os mesmos objetivos, embora a realidade brasileira fosse diferente. O que permaneceu em maior evidência foi o rap com suas letras políticas, de protesto e reivindicação por melhores condições ao povo negro e pobre do gueto. A despeito o rap ser considerado a voz do hip hop, isto não significa que ele seja o elemento mais importante desta cultura. Não basta discursar em uma música ou palestra. Faz-se necessário que o indivíduo pratique a militância diária, pondo em prática aquilo que diz o seu discurso em cima dos palcos. Infelizmente nem todos agem dessa forma. Não basta fazer um show, ganhar seu cachê e sair fora. O rap é um grande formador de opinião, pois, leva informação, conscientização, diversão, protesto, reivindicação, etc. Mas não existe uma regra que diga ser obrigatória a militância por parte dos rappers. Mas, quem assume um discurso militante, deve sustentá-lo.

Conclusão
Eu poderia concluir esse texto com as minhas palavras, entretanto, a união faz – ou pelo menos deveria fazer – parte do hip hop. Minha verdade não é absoluta. Nunca será. Mas tenho certeza que outros indivíduos a compartilham comigo, e os que não compartilham não deixam de ser verdadeiros.

PAZ, AMOR, UNIÃO e DIVERSÃO. Quatro palavras que desejo aos meus irmãos!

Com a palavra: o hip hop brasileiro

A militância dentro do hip-hop deve ser intensa e contínua. Baseada nos pilares de quando ele foi criado e deveria ser guiado por “paz, amor, diversão e união”. Para mim, militar é tentar transformar em coisas melhoresJéssica Balbino, Jornalista e escritora, de Minas Gerais via Twitter (@jessicabalbino).

Miltânica no hip hop é fazer a cultura crescer tanto artística como politicamente. Dia após dia, sem massagem” – Alexandre de Maio, Jornalista, quadrinista e educador, de São Paulo via Twitter (@alexandredemaio).

Papel da ideia certa e da postura social” DJ Joh 189, DJ e produtor, da Paraíba via Twitter (@djjoh189).

“A militância se faz na ação do discurso feito pelo militante, o qual tem o papel de discursar e agir com consciência sempre!” Lindomar 3L, rapper mineiro que vive em São Paulo via twitter (@lindomar3l).

Creio que militância no hip hop se aplica no cotidiano de cada um. Um militante é aquele que não se conforma em andar nas ruas e ver um idoso na rua pedindo comida e uma criança no farol limpando vidros de carros de luxo para ganhar centavos. Um militante luta diariamente para que essa mudança aconteça, e que seja feita via hip hop. A militância que todos nós precisamos é essa. E é na paciência que ela se aplica. É no suor que ela se demonstra, e é no resultado que você pode bater no peito e convidar o próximo a ser militante igual a você. Falar de boca cheia que isso foi o hip hop quem trouxe!” – Felipe Eduardo, blog Escrita Hip Hop – www.escritahiphop.blogspot.com) via MSN.

A Militância no hip hop pode ser muito importante, porque é a questão do respeito e do conhecimento da ética e hierarquia”. Porque hoje em dia os manos, tanto que dançam quanto os que canta, não tem respeito e considerarão na cultura. Com um estabelecimento de uma militância seria uma boa para colocar uma ética, e entusiasmar os manos a estudar a cultura a fundo, e com isso vem o respeito e valor acima de tudo.” – Thales Diego, B.boy, do Rio de Janero via msn.

É um individuo que apoia e segue a idiologia do hip hop à risca”. E o papel do militante é desenvolver o hip hop em todas as áreas, principalmente na área social” – Mordekai, rapper, da Paraíba via MSN.

Bom pessoal, espero que vocês tenham tido paciência de ler tudo isso. Acredito que o conteúdo acima apresentado seja de grande importância. Meu muito obrigado a tod@s que participaram do debate via redes sociais. 

Abs
@PetterMC

Anúncios

2 pensamentos sobre “Militância aplicada ao hip hop

  1. MUITO BOM!
    Eu faço parte de um coletivo no qual buscamos isso levar o hip hop de uma forma que seja vista como ferramenta de trasformação que mudou minha vida e pode sim mudar várias outras!
    Máximo respeito a todos que seguiram essa area e que saibam que o hip hop é muito mais que os 5 elementos!

Véi, disserte sobre o assunto!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s