O que tem a Páscoa com os ovos?

Uma discussão sinistra, né? Primeiro vamos descobrir a origem da páscoa. Do hebraico Pessach, quer dizer passagem ou passagens. Inicialmente era uma festa na qual os judeus comemoravam a libertação de seu povo da escravidão no Egito. Já os cristãos, comemoram a ressurreição de Jesus Cristo.

O que foi mencionado acima pode ser encontrado na Bíblia, porém, em nenhuma parte das “sagradas escrituras” se fala do costume de ser comer peixe, muito menos ovos de chocolate. Esses (ovos de chocolate) nem existiam naquela época, né?

Os ovos de páscoa fazem parte de costumes pagãos. É comum que alguns povos tenham a prática de pintar ovos cozidos com desenhos das mais variadas formas. Em muitos países ainda se faz isso, porém, em outros, esses ovos foram substituídos por ovos de chocolate. Os de chocolate, com certeza, foram criados pelo capitalismo. Enfim.

Esse costume dos ovos é alusão a antigos rituais. Ishtar ou Astarte é a deusa da fertilidade e do renascimento na mitologia anglo-saxã, na mitologia nórdica e mitologia germânica. Lebres e ovos pintados eram os símbolos da fertilidade e renovação associados a essa deusa.

Tá vendo? O correto seria LEBRE DA PÁSCOA e não COELHO DA PÁSCOA. As sacerdotisas previam o futuro observando as entranhas de uma lebre. Portanto, diziam assim: “Lebre do Eostre, o que suas entranhas trazem de sorte para mim?”. Isso não é nada vendável. Por isso se diz: “Coelhinho da páscoa, o que trazes pra mim?”. Confesso que é bem melhor.

Refletindo um pouco…

Tá vendo como todas as religiões acabam se encontrando de um jeito ou de outro?

JUDEUS – A páscoa é uma data que comemora a libertação do povo de Israel das mãos do Egito. Ali eles fizeram a passagem pelo mar vermelho rumo ao que chamavam de terra prometida.

CRISTÃOS – Comemoram a ressurreição e ascenção de Jesus Cristo.

PAGÃOS NÓRDICOS – Comemoram a fertilidade e renovação.

O fato dos ovos terem se tornado de chocolate é outra história. Uma deliciosa maneira do capitalismo se dar bem.

Anúncios

Um pensamento sobre “O que tem a Páscoa com os ovos?

  1. Moço, essa igreja universal da idade média, isso mesmo, porque católico, significa universal, e a exemplo da mais nova, coloca em seu culto rituais de outras religiões juntas que acabou se tornando costume essa misturada toda. Pra início de conversa a Páscoa nem é uma festa cristã, veja bem, Jesus comeu a Páscoa antes de morrer, foi na mesma noite em que partiu o pão e bebeu do cálice. Ora, se Jesus comemorou a Páscoa e morreu logo depois, então porque os povo do ocidente comemora a Páscoa depois da morte de Jesus? Outra coisa o significado de Páscoa (passagem) foi devido ao ocorrido antes da libertação dos Israelitas do Egito, segundo as ordens dada por Moisés, eles deveriam matar um novilho, comer a carne toda e o que sobrasse deveria ser jogado fora! E o sangue os israelitas deveriam passar nas suas portas, pois durante a madrugada o anjo da morte passaria e mataria todos os primogênitos da terra do Egito, o anjo só pouparia os primogênitos da casa onde as portas estivessem marcadas com o sangue do cordeiro, ou melhor, o anjo “passaria por cima” da casa marcada com o sangue, esse episódio marcou o retorno do povo hebreu, descendente de Israel, a terra prometida de Canaã. Pelo pouco que eu entendo de biblia percebi que a única “comemoração”, se é que se pode chamar de comemoração, instituída por Jesus em sua breve passagem na terra foi, a ceia, ou santa ceia, ou o partir do pão, ou como queira chamar. Gosto muito de chocolate e pra mim a Páscoa é apenas um dia em que eu posso comer um chocolate com um formato diferente. A propósito, o chocolate foi descoberto pelos índios americanos, digo americano e não estadunidenses, porque americanos todos os que nascem no continente americano é e não apenas quem nasce nos EUA. Os incas, os astecas, os olmecas, os toltecas e os maias, usavam o cacau como moeda de troca (dinheiro) porque criam que o chocolate era um néctar dos deuses, um presente para os humanos. Daí eles (os capitalistas) pegaram o cacau dos índios, o açúcar da Ásia, e o leite das vacas holandesas que foram parar em Minas Gerais, bateram tudo em uma grande máquina produzida, talvez na Inglaterra, e fizeram esse chocolate ruim da diziollli, depois venderam tudo na internet norte americana e ainda impacotaram tudo pro mercado financeiro e arrombaram milhares de bolsas de valores, com esse dinheiro inventaram o Facebook e outras redes que ajudaram a derrubar vários governos ditadores no mundo árabe, que eles mesmo colocaram no poder anteriormente. E depois inventaram a wikipedia pra confundir a nossa cabeça e a TV pra nos manipular nesse mundo GLOBOalisado. Será que Moisés sabia que isso tudo poderia acontecer antes de mandar as doze pragas pro Egito? Acho que não, senão ele jamais teria feito isso. Por hoje é só. Outro dia a gente fala sobre a orgia do Natal! É nóis que tá!

Véi, disserte sobre o assunto!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s