Onde até nativo se perde

ONDE ATÉ NATIVO SE PERDE

Vendo a TV mostrar o sufoco dos turistas no Rio de Janeiro, lembrei de um episódio que aconteceu ontem comigo e Cristiane de Oliveira (minha esposa).

Vimos um gringo – mochileiro – entrar no Metrô Cantagalo. O “foreign” embarcou no sentido zona norte. Acontece que, na estação seguinte (Siqueira Campos), todos deveriam desembarcar e trocar de trem para seguir viagem.

É algo confuso até para nós (nativos). Bem estranho. Não há sinalização nem em português. Vi vários cariocas perdidos. Estes foram avisados por outros cariocas, mas o cara ficou sozinho no trem, que retornaria para a estação de origem. O trem vai e volta de uma estação a outra, por causa de obras.

Falei com a Cristiane que eu estava preocupado com o cara, alguém podia até roubá-lo ou mandá-lo pra “rabuda”. Por sorte ele se comunicava em inglês, e eu também. Dei a planta, e o maluco seguiu com a gente para a outra plataforma, onde embarcamos juntos em outro trem sentido zona norte.

Pô, o maluco era até desenrolado. Tinha a mudança nas costas, um mapa na mão, e uma folha de papel com anotações sobre qual condução pegar.

O sinistro é saber que ele pegou a condução correta, mas esta, faz até um nativo se perder.

Imagina na copa!

Anúncios

Véi, disserte sobre o assunto!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s